Louco por ti
Zé gosta e procura compreender o que se vai passando consigo. Foi isso que o levou, a partir de certa altura, a escrever o que sentia por ela, como via a relação que mantinham e o que desejava dela.
24
Dez 05

Cá estou de novo a tentar comunicar contigo. Estou a fazer um esforço enorme para não te ligar a desejar bom Natal. É o confronto entre o prometido – não te ligar, e o que me apetece fazer – ligar-te, para te ouvir e poder falar contigo. É o eterno dilema entre o que nos apetece fazer e o que devemos fazer. Vou continuar a resistir à tentação, cumprindo o prometido, mesmo com muitas dúvidas se é esse o caminho a seguir...
Pois é, tens-me à disposição e isso não me faz sentir mal. Sabes porquê? – Porque mereces isso e muito mais. Eu é que talvez não te mereça, paciência.
É claro que as coisas não se colocam assim. Não é, não deve ser por merecimento que as pessoas se enamoram, se apaixonam. Ou existe química (atracção física, sexual, afectos, sentimentos,...) que aproxima, atrai, liga, aperta as pessoas, ou não há razão, por mais razoável que pareça, que garanta relação minimamente satisfatória.
Continuas sempre (cada vez mais?) presente. Estou só fisicamente, mas tenho-te aqui comigo. É claro que não há nada que substitua a tua presença física. A tua figura, a tua beleza, a tua alegria, a tua força, o teu sorriso, a tua inteligência, a tua capacidade de diálogo, o teu olhar (mesmo quando me dizes para não olhar) são insubstituíveis, são tão gratificantes, rejuvenescedores. Quem me dera que estivesses aqui, agora, inteira, não apenas em espírito. Mas é assim que estás e isso já é muito bom...
É bom saber que existes, que és tal como és, que me cruzei contigo, que tive a oportunidade de te conhecer, ainda que pouco, porque te tens reservado muito, te tens, em muitos casos e relativamente a muitas coisas, escusado a mostrares-te como és, verdadeiramente.
Sei que não és uma santa, que não tens a perfeição que vejo em ti, mas és tu, tal como eu te conheço, de quem me deixei atrair, de quem me sinto enamorado e, loucamente, apaixonado.
Mesmo que o melhor para ti não passe por mim, como te tentas convencer, foi bom ter-te encontrado e não me arrependo de me ter deixado entrar em roda livre, de forma a ficar apanhado como estou. Foi, é bom, é gostoso, faz-me sentir vivo, com todas as minhas capacidades mais activas. Isso é incontornável, é irreversível, é gostoso, é, mesmo, uma gostosura.
Enfim, é noite de Natal, vou até à fogueira comunal partilhar um pouco do espírito natalício com o meu Povo...
Tu continuas comigo.
Bom Natal e sê feliz se fores capaz!
Por mim vou continuar a enfrentar a vida de uma forma autêntica e espontânea, procurando dar o melhor de mim em todas as situações, designadamente quando me envolvo com os outros.
AMO-TE!
publicado por jmartinsdocabo às 17:41
Também te amo muito e te desejo um Feliz Natal
Guguxinho gostuxão! jinhos fofos da kiduxinha.Bruna
</a>
(mailto:verasanto@gmail.com)
Anónimo a 12 de Março de 2006 às 00:34
oi!!!Boa noite!!!Queria agradeçer a tua visitinha ao meu bloginho, obrigado!!!!
Pelo que me deu a entender és romantico como eu!
Feliz Natal,Bom ano novo, 2006 com tudo o que desejas,beijinhos*****Mariana
(http://amorlouco.blogs.sapo.pt)
(mailto:soares_mariana@hotmail.com)
Anónimo a 24 de Dezembro de 2005 às 18:14
Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
25
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Eu te louvarei, de todo o meu coraçã...
Minha familia. javito, Duvanito, Jõao, Luis...
Mãe eu te amo muito eu nunca disinsto na tu...
O que qui você esperar. você é ...
Eu quero namorar com tigo. é porque tua bel...
gostei bue, muito original
gostei bue, muito original
ha se tas assim tao apaixonado pede-lhe em namoro ...
Essa vida é realmente muito difícil... e parecer e...
Desencana, Véio. desencana. Bom é sexo. Porra de s...
blogs SAPO