Louco por ti
Zé gosta e procura compreender o que se vai passando consigo. Foi isso que o levou, a partir de certa altura, a escrever o que sentia por ela, como via a relação que mantinham e o que desejava dela.
06
Jan 06

Terralva, 6 de Janeiro (0 h 15 m)

Acabei agora mesmo de te telefonar a transmitir a seguinte mensagem: “Muitos parabéns pelo teu aniversário. Desejo-te que passes um bom dia, com mais um aninho, e que este novo ano te traga tudo o que mais desejares. Sê feliz se fores capaz. Milhões de beijinhos e um grande abraço deste que só agora descobriu que a vida sem ti não tem valor, sem ti que passaste a ser o seu único amor.”
Já te estou a imaginar a pensares ou a ouvir-te dizer: “Pois, palavras bonitas, mas até quando as vais dizer?” Não sei, nem sequer sei se isso importa muito, só sei que sou autêntico e assim quero continuar a ser.
Só direi essas palavras bonitas enquanto as sentir e sentir vontade de as dizer. Não sei se isso vai durar mais uma semana, mais um mês, mais um ano, ou a eternidade.
Não prometo amor eterno, nem sequer duradouro, a ninguém por mais apaixonado que me sinta, não quero voltar a enganar-me nem quero enganar mais ninguém.
Não gosto de fazer promessas por mais convicto e seguro que esteja do que sinto, do que penso, do que pretendo fazer.
Neste momento, sei que me sinto louco, louco por ti. Penso em ti sempre que paro, apetece-me estar contigo a todo o tempo, apetece-me correr para ti e sei que o farei sempre que tu quiseres, apetece-me falar contigo e partilhar contigo tudo, nos mais ínfimos pormenores.
Sei que é por estar enamorado por ti que acho que és a mais bela, a mais inteligente, a mais sensual, a que só tem qualidades, que és um poço de virtudes.
Mas sei também que na realidade não é assim, que não és “a mais”, mas é assim que te vejo e é assim que gosto de te ver.
Sei ainda que o enamoramento não dura sempre, por isso quero vivê-lo com a maior intensidade de que for capaz, enquanto durar.
Depois pode sobrar uma relação serena, com amor ou amizade ou, pura e simplesmente, só uma agradável saudade de um período bem vivido. Em qualquer dos casos, acho que vale a pena viver contigo esta paixão que me atormenta cada dia que passa sem te ter.
É claro que tudo isto depende de ti, está nas tuas mãos quereres viver, por mais breve que seja, uma relação de grande intensidade, em que cada momento que dermos largas aos nossos sentimentos e desejos poderia ser o último das nossas vidas para acharmos que morríamos felizes.
Naturalmente que a intensidade não tem forçosamente que durar pouco, mas mesmo que assim seja vale a pena.
Perdoa-me a insistência, mas se o faço é porque estou apaixonado por ti e porque acho que posso ajudar-te a seres feliz.
Longa vida e muitas felicidades.
Amo-te!
publicado por jmartinsdocabo às 00:59
O AMOR É UMA PROMESSA EM SI MESMO! O AMOR É A PRÓPRIA PROMESSA: AMAR!Maria
(http://blogamor.blogs.sapo.pt)
(mailto:mrobertson@sapo.pt)
Anónimo a 9 de Janeiro de 2006 às 19:52
olá...eu também amo assim meu amor mas que diz não ser correspondido por ele,mas já sua amizade é tão importante para mim,que respeito o tanto,tanto para deixá-lo livre....por ele fiz duas loucuras,das quais voltaria a faze-las...que sejas muito feliz...gostava que visitasses meu cantinho,de todos com muita amizade...desculpa a invasão,mas como gosto de blogs,achei este e gostei muito...Luadoceu
(http:77ocantinhomagicodossonhos.blogspot.com)
(mailto:)
Anónimo a 7 de Janeiro de 2006 às 00:25
Gostei imenso destas tuas cartas,cheias de paixao...espero que consigas o que tanto desejas...beijocasmoolightgirl
(http://meninadoluar.blogs.sapo.pt/)
(mailto:starlightgirl_m@hotmail.com)
Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 19:52
este texto tem muita maturidade, muita vivencia, muito sentimento. Aproveita o amor que sentes, é uma coisa maravilhosa! Bjinhos.Ritisabel
(http://pegadasnaareia.blogs.sapo.pt)
(mailto:ritalexandre@hotmail.com)
Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 14:42
Não desistas porque o amor acaba sempre por vencer. liriodagua
</a>
(mailto:liriodagua@sapo.pt)
Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 10:35
Oi,

nunca podemos dizer nunca e muito menos é para a eternidade, o segredo está em viver o hoje como se não houvesse amanhã.

Bonitas as tuas palavras e felizarda da menina que as recebeu...

Ama, porque só o amor nos trás a verdadeira felicidade.

Continua a ser sincero, principalmente contigo próprio e também com os outros.

Parabens

Jokas

:)Mónica
(http://www.blogavidasao2dias.blogspot.com)
(mailto:monicaquaresma81@hotmail.com)
Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 09:18
Sabes que o amor e as represas são iguais se se deixa um pequena brecha por onde um fio de água se possa meter, aos poucos ela vai rebentando as paredes, e chega um momento em que ninguém consegue mais controlar a força da correnteza.
Boa noiteHorus
(http://josecarlos.blogs.sapo.pt)
(mailto:josesoares_1979@msn.com)
Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 01:09
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Eu te louvarei, de todo o meu coraçã...
Minha familia. javito, Duvanito, Jõao, Luis...
Mãe eu te amo muito eu nunca disinsto na tu...
O que qui você esperar. você é ...
Eu quero namorar com tigo. é porque tua bel...
gostei bue, muito original
gostei bue, muito original
ha se tas assim tao apaixonado pede-lhe em namoro ...
Essa vida é realmente muito difícil... e parecer e...
Desencana, Véio. desencana. Bom é sexo. Porra de s...
blogs SAPO