Louco por ti
Zé gosta e procura compreender o que se vai passando consigo. Foi isso que o levou, a partir de certa altura, a escrever o que sentia por ela, como via a relação que mantinham e o que desejava dela.
10
Mar 06

Terralva, 10 de Março

Minha Querida
Hoje não resisti (tinha de resistir?) e liguei-te. Tenho saudades. Apeteceu-me saber de ti, ouvir-te. Foi isso que fiz.
Foi bom ouvir-te dizer que pretendias falar comigo. Não sei o que queres falar comigo, sobre o quê, mas foi o suficiente para ficar curioso, ansioso mesmo. Não quero exagerar nas expectativas mas fiquei esperançado...
O período é crítico. Estamos quase na lua cheia e mais uma vez estou só. Será que a lua cheia, e toda a energia que ela me transmite, vai passar sem que tenha companhia, a tua companhia?
Estou, mais uma vez, a enterrar-me em trabalho. É uma das formas de me ocupar, de ficar com menos tempo para pensar em mim, para pensar em ti. É uma maneira de ficar dormente, de sofrer menos.
Sim, escrevi sofrer. Não foi engano. Sofro, mesmo, por não te ter, por não poder estar contigo, por não poder partilhar tanta coisa que gostava de partilhar contigo.
Sem ti sinto-me diminuído, com menos confiança em mim e no futuro, menos alegre, com pouca vontade de estar com as pessoas. Isolo-me para curtir a solidão. É um círculo vicioso. Este terá de ser rompido. A bem, contigo, ou a mal, reinventando a maneira de encarar a vida só, sem contar contigo.
Não aceito que te queiras mesmo afastar/fugir de mim.
Espero que concluas, mais uma vez, que vale a pena aceitares o desafio de enfrentares o futuro comigo, porque ele te (nos) poderá trazer momentos muito felizes, gratificantes.
A nossa relação é, em meu entender, mutuamente interessante e gratificante, porque nos ajuda a crescer.
Estou eu para aqui a “filosofar” e a lua cheia ali fora a perturbar-me, a desafiar-me, a tentar-me...
A lua enche para nos iluminar, de forma a ajudar-nos a ver mais longe, para nos carregar as baterias, de forma a dar-nos força para enfrentarmos o futuro e satisfazer melhor os nossos desejos.
Quero passar uma noite de lua cheia contigo. Vê-la aparecer no horizonte, grande, a subir na abóbada celeste. Abraçados a olhá-la, a vê-la e a ver para além dela. Há tanta coisa linda para ver, juntos!
Estou convencido que isso acontecerá e que será muito bonito. Acredito que poderá ser inesquecível. Espero que seja em breve.
Então poderemos dar largas aos nossos sentimentos e aos nossos desejos, sem reservas, completamente expostos, entre a terra e a lua, só nós contaremos.
Libertemo-nos de preconceitos, sejamos nós mesmos, amemo-nos sem limites que não sejam os nossos sentimentos e desejos mais íntimos e profundos.
Deixa-me amar-te. Não te feches, não fujas, não tenhas medo dos teus sentimentos.
Tenho e quero dar-te tanto. Deixa-me oferecer-te a lua CHEIA.
Adoro-te!
publicado por jmartinsdocabo às 15:17
O título do post é, por si só, uma verdade.
Esta altura de lua cheia, para quem a sente assim, como tu, é "complicada".
Porque o amor se manifesta de muitas formas e nestas noites de lua cheia tudo o que apetece é amar!
E esse sofimento... conheço-o bem.

Cá estarei a ler-te.Vulcão
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:vulcao_bahia@sapo.pt)
Anónimo a 15 de Março de 2006 às 09:12
Impossivel ficar indiferente ás tuas belas palavras.Amas com uma intensidade que me fez arrepiar.Um beijinho enorme e obrigado pela tua visita ao meu cantinho.Maria João
(http://omeuolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:arcoiris.2005@hotmail.com)
Anónimo a 13 de Março de 2006 às 14:54
"adoro-te" tanto...que a lua cheia parece pouco!
gosto muito de ver estes pedaços de acrtas, pedaços de um sentimento grande demais qu emisturado com a sensibilidade de escreveres...me deixa sem muito para comentar...gosto, leio, ás vezes perco-me a desfolhar e comento pouco...mas gosto gosto sempre*
anacanela
(http://www.vidadeareia.blogs.sapo.pt)
(mailto:anacanela@sapo.pt)
Anónimo a 13 de Março de 2006 às 02:59
Com uma declaração destas, ela nao resistirá...Es um romantico, e, se ela kis falar ctg, é pk gosta da tua companhia... se voces marcaram encontro, leva-lhe umas flores -qq mulher adora!!-, declara-te... diz-lhe, olhando nos olhos dela o k aki escreveste, so assim saberas a reacçao dela,e, se consegues emocionar as leioras, conseguiras emociona-la a ela...Força e Boa Sorte...Ligia Costa
(http://ligiafaces.blogs.sapo.pt)
(mailto:ligiamnrc@sapo.pt)
Anónimo a 10 de Março de 2006 às 22:57
Olá,loucoporti, nao comentei teu post anterior, nem todos comento, para nao me tornar chata.
Permite- me dizer algo pf e desabafar.
Infelizmente( por respeito de quere- lo perto,de nao o perder nao posso por um lado ser eu pp,quero avançar, mas tenho de recuar, porque ele é so meu amigo, nao me permite dizer tudo, tudo o que sinto e quero no momento que aconteça, com medo, mas a vontade é imensa, apesar de ser eu pp, sim, mas entendes acho eu o que quero dizer?! Aqui sou eu, genuinamente, mas nao posso identificar de todo, so parte. Nem parte acho eu.
Eu tambem amo meu amor, nem imaginas o quanto! Respeito-o imenso, como homem e pelo que ele é para mim este tempo todo que esta do meu lado.
Cada vez mais, mesmo longe, acredita, namorisquei, pq n sou correspondida, nao devia se o amo, mas quiz tentar ser feliz, mas nao sou, pq o amo tanto, que so penso nele, quero o ao meu lado, fazer vida com ele, namorar com ele, fazer amor com ele, partilhar muita coisa com ela, inclusive a lua tb (adoro a lua), o pôr do sol, fazer amor com ele (desculpa, desculpem).
O facto de querer te lo perto nem que seja como amigo, faz com que eu inclusive mude minha maneira de ser perante ele, positivamente falando. Faz com que prescinda de o ter como meu amor, para so quere-lo como amigo, apesar de querer ter ele como amor e amigo, mas nao posso. É complicado explicar aqui, mas o que é certo é que nao hajo com as outras pessoas (alguns rapazes que conheci) como ajo com ele, precisamente pq ele é importante para mim, alem de amigo que é, é o meu amor e garanto-te que mudo muito mesmo.
Por mim, se tivesse vida feita, nao tenho infelizmente, eu so me apetecia me correr ate ele e dizer estou aqui,recebes me? mas nao posso, porque nao tenho vida feita e tenho medo que me diga que nao me ama,por isso me retraio,apesar de meu amor estar com ele
Desculpa discurso, mas tem de ser.....so conto c o que dizes e nao se os outros gostam que te responda...Desde que te respeite claro, sempre o farei.
Bom fim de semana...espero que percebas minhas ideias e português...nao coloco acentos por preguiça...e se feliz porque mereces.....e ela também por ser amada assim.....
luadoceu
(http://omundodossonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:curiosa@sapo.pt)
Anónimo a 10 de Março de 2006 às 22:23
Março 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Eu te louvarei, de todo o meu coraçã...
Minha familia. javito, Duvanito, Jõao, Luis...
Mãe eu te amo muito eu nunca disinsto na tu...
O que qui você esperar. você é ...
Eu quero namorar com tigo. é porque tua bel...
gostei bue, muito original
gostei bue, muito original
ha se tas assim tao apaixonado pede-lhe em namoro ...
Essa vida é realmente muito difícil... e parecer e...
Desencana, Véio. desencana. Bom é sexo. Porra de s...
blogs SAPO